Top 5: ACDC

Estes dias andei escutando muito AC/DC. Fazia tempo que não curtia o som da banda australiana dos irmãos Young. Para não fazer injustiça com Bon Scott e Brian Johnson tenho ouvido igualmente as duas fases da banda. Escutei os fantásticos ao vivos Live (1992) e If You Wan't Blood (1978). Depois o Let There Be Rock (1976) e Fly On The Wall (1985). Este último é um caso interessante, é considerado um dos patinhos feios da trajetória do grupo, mas eu o adoro.


Na década de 80 a banda era considerada como Heavy Metal. Nada mais falso. O som da banda é puro rock'n'roll, com muita energia e bastante vigoroso, mas mesmo assim rock'n'roll. A minha lista das 5 melhores músicas:


5. Heatseaker (1988)

Foi uma das primeiras músicas que escutei da banda. A fase não era das melhores, o disco razoável, mas esta música pegou bem o espírito e a tradicão de rocks poderosos da banda. Para ouvir no volume máximo.


4. Sin City (1978)

O primeiro cd que comprei na vida foi o Powerage. Além de Rock'n'roll Damation e Riff Raff, Sin City era um dos destaques do album. O ritmo é contagiante e a voz cavernosa de Bon Scott estava perfeita. I'm gonna win... in sin city...


3. Hells Bells (1980)

O que falar desta verdadeira obra prima? A introdução desta música é uma das melhores da histórica do rock. Angus simplesmente fantástico.


2. You Shook me all Night Long (1980)

O que dizer, no mesmo disco que Hells Bells havia também este marco. De certa forma foi a música mais "comercial" da banda, a catapulta para o sucesso internacional. O riff de Angus é memorável (e tem gente que prefere o Slash...)


1. Highway to Hell (1979)

Não há como não pensar em Bon Scott nesta música. Foi uma das suas últimas gravações, o álcool acabaria por levá-lo lego em seguida cobrando o preço da vida sem limites. É um verdadeiro símbolo da banda e acabou colocando outro rótulo imbecil no ACDC, o de satanista. Erraram feio nesta. O negócio dos rapazes australianos era o velho e bom rock'n'roll. Vida longa ao ACDC!


u© MARCOS JUNIOR 2013